O guia do santuário ecológico

O guia do santuário ecológico

Científico

Artigos
Estudos

Busca

Galeria de Fotos

Forte Coimbra PDF Imprimir E-mail

No século XV, a porção oeste do Brasil, originalmente pertencia à Coroa Espanhola, conforme acôrdo firmado entre Portugal e Espanha, pelo Tratado de Tordesilhas. Dessa forma, os espanhóis foram os primeiros povoadores europeus dessa área. Quando a primeira expedição de Aleixo Garcia chegou à barra do rio Miranda com o rio Paraguai em 1524, o homem branco encontrou o Pantanal povoado por várias tribos indígenas, em sua maioria pertencentes ao grupo Guarani. Naquela época, o acesso mais fácil para os espanhóis da região do Prata (Argentina e Paraguai) para o Pantanal era o rio Paraguai. Os bandeirantes chegaram à região pelo caminho mais difícil, ou seja, pelo planalto, saindo de São Paulo, pelos rios Tietê e Paraná, e afluentes do rio Paraguai, já no final do século XVI.

Forte Coimbra

Até a metade do século XVII, os espanhóis da região do Prata se uniram aos indígenas e efetuaram vários ataques às expedições bandeirantes na tentativa de evitar a expansão luso-brasileira para o oeste.

Em meados de 1775, a Coroa Portuguesa determinou a construção de instalações militares ao longo do rio Paraguai, sendo o Forte Coimbra o primeiro a ser erguido.

Desde essa época, fins do séc. XVIII e durante a Guerra do Paraguai (1864 a 1870), o Forte Coimbra exerceu papel decisivo nas grandes batalhas ali travadas tendo como cenário as paisagens tranquilas do Pantanal.

Hoje

Atualmente, o Forte é guardado por um regimento do Exército e cujos administradores, sàbiamente, abriram os portões à visitação turística. Tem como atrações: Visita à parte alta do Forte, com vistas panorâmicas do rio Paraguai, ao lado de antigos canhões. Passeio à vila de moradores. Visita à gruta Buraco do Suturno.

Forte Coimbra Nos últimos anos, num ritmo crescente, homens e bichos nativos vêm dividindo a região com turistas munidos de máquinas, binóculos e varas de pesca. Os hotéis, antigas fazendas de gado, adaptadas para receber hóspedes, têm estrutura profissional e todas as características necessárias para que o visitante sinta-se integrado à região. Os programas oferecidos contribuem para essa sensação. São passeios a cavalo pelas planícies alagadas do pantanal do Nabileque, onde o turista vai junto com o peão tangendo a boiada, pescaria esportiva com barcos e motores e safáris fotográficos.

Onde ficar

  • Hotel Fazenda Rio Paraguai
  • Pousada Primavera
 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack