O guia do santuário ecológico

O guia do santuário ecológico

Científico

Artigos
Estudos

Busca

Galeria de Fotos

Rio Salobra PDF Imprimir E-mail

É um dos mais importantes afluentes do rio Miranda. Nasce na Serra da Bodoquena e tomando o rumo Nordeste serpenteia por entre as encostas mais baixas da Serra num rumo paralelo ao espigão indo desembocar no rio Miranda, próximo à ponte de concreto da BR-262, no km 560. Próximo às nascentes, por percorrer terrenos cujo sub-solo é de origem caucárea, a coloração de suas águas é parda, leitosa e esverdeada. Atingindo a planície, suas águas filtram-se nos aguapés dos corixos e baías, tornando-se quase cristalinas, podendo-se contemplar cardumes de peixes.

Na sua parte baixa, o rio Salobra representa a típico rio pantaneiro. Serpenteia ao longo da planície entre capões, corixos e baías povoadas de aguapés, assumindo características semelhantes às dos rios Abobral, Vermelho e Pacú.

Atualmente, é um rio bastante frequentado por pescadores amadores. Estes, além de encontrarem condições propícias para a pesca convencional, descobriram que o rio apresentava condições mais favoráveis para outras atividades como o mergulho livre e a pescaria com iscas artificiais e fly.

Como chegar

De Campo Grande pela BR-262, chega-se a Miranda (208 km). Após o trevo da entrada da cidade, seguindo ainda pela BR-262 (15 km) no km 560, da ponte de concreto sobre o rio Miranda, atinge-se o vilarejo Salobra.

Onde ficar

Em Miranda:

  • Hotel Pantanal
  • Hotel Chalé
  • Hotel Beira Rio

Em Salobra

  • Hotel Fazenda Salobra
  • Hotel Pesqueiro da Neuza
  • Hotel Pesqueiro da Cida
  • Refúgio da Ilha
 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack